Publicado em Poematizese

Nosso amor é luz

Do nosso primeiro laço, desenlace e o reencontro. Nós sempre damos um jeito de cruzar nossas vidas, mesmo quando as ruas da vida estão em sentido contrário.

Lembro da primeira vez que nos cruzamos e fizemos aquela cara de nojo, éramos diferentes demais olhando há um minuto de distância. Alguns minutos depois, lá estávamos nós parados. Olhamos de novo, conversamos e sentimos uma conexão inexplicável.

Você dizia e diz, eu sentia e sinto, somos almas gêmeas.

Aquela alma que escolheu se tornar duas, que parece ter sido separada na hora de escolher o corpo físico. Ou duas almas conectadas que voaram para corpos disconectos. Mas nos encontramos. Rimos e vibramos.

Começou com a primeira gargalhada e a dança que a gente dançou totalmente fora do ritmo da música, estávamos ouvindo só o nosso próprio ritmo.

Aquele ‘risinho’ de cumplicidade de quem ia aprontar alguma coisa era nosso código secreto. Demos as mãos, os braços, as pernas. Descemos nosso primeiro escorregador de criança juntos, caímos e mais risadas.

Nossos planos pro futuro são tão semelhantes, não sabíamos se um estava roubando a ideia do outro ou se estávamos compartilhando pelo cosmos nossas aspirações há anos, sem saber que há uma alma no mundo que sonha conosco através das estrelas.

Queríamos tanto um ao outro, que decidimos manter o laço separando o físico. Sensatos demais acordamos: o melhor tempo para nós é outro. Temos muito que aprender antes de viver tão intensamente um amor tão profundo como o nosso.

Ninguém vai entender que no nosso caso, a liberdade de estar separado é uma das forças que dá ao nosso amor vida. Mas nós entendemos, sentimos.

Você foi. Ficou com ela. Com elas. Com todas. Sumiu. Não me contou detalhes de como foi. Eu sumi também. Fiquei sem você, sem ele, sem ninguém. Almas gêmeas como nós tem paz para estar ou para não estar.

Você voltou, cruzou a porta e sorriu como quem tinha saído brevemente e acabara de chegar. Meu coração sentiu um respiro familiar de paz. Curiosamente você me abraçou e a gente dançou. Fizemos amor enquanto a música tocava e os pés se moviam pra lá e pra cá pela sala. Nosso amor foi feito de silêncio e admiração. A saudade antes soava tão forte, agora sentimos que nem existiu, parecia que estávamos ali o tempo todo: antes, durante, agora e depois.

Você riu das minhas piadas ridículas, ficou com ciúmes dos amigos e fez aquela sua expressão linda de quem diz “que besteira”. Sentou e me contou tudo que aconteceu no último ano. Com seus gestos dramáticos, as vozes narrativas e cantando como só você faz.

Beijou meu olho esquerdo, me abraçou de lado e contemplou o céu comigo o restante da noite. Foi o silêncio mais gostoso desse ano. O silêncio de estar ao seu lado e me sentir em paz.

Todos os códigos que criamos estavam intactos. Cada olhar e risada maléfica de quem comenta o ambiente em silêncio. A gente se combina tanto. Até nossos defeitos são complementares e semelhantes.

Quando você implica se eu não ligo de volta e grita que quer mais atenção, carinho e amor. Quando eu reclamo que você não vem mais me ver, depois de três dias sem ter você (…).

Mas é só o olhar se cruzar, estaremos em paz. Como dois bons amigos que se encontram no lar e fazem da vida uma festa.

Uma festa para todo mundo chegar e aproveitar a hospitalidade do casal mais brincalhão do mundo. Onde ele enfia o dedo molhado no ouvido dela, ela lambuza o rosto dele de brigadeiro e tudo começa.

Aprendemos a nos amar, respeitar e conviver até quando estamos distantes. Nossas almas estão ligadas e juntos transmitimos luz, o nosso amor é luz.

Eu agradeço cada vez que você volta e ilumina meu mundo com a sua luz, como agora. Você sempre adivinha quando preciso de você para me encontrar. Quero dançar com você!

Autor:

Metamorfose ambulante, ♥

Comente sua opinião aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s