Publicado em Diversos

Rótulos: esse esteriótipo diz quem eu sou, sério mesmo?

Olá queridas e queridos leitores, seguidores e xeretas. Como vocês estão?

E cá estamos nós, continuando esse assunto que dá para escrever uma enciclopédia. Desde a parte psicológica, passando pela sociológica e terminando na prática, tem muito do que se falar sobre os rótulos, os esteriótipos e sim, as limitações.

Mas vamos lá, vamos lá.

Procurando ideias ou teorias de porque classificamos tanto as coisas, cheguei à conclusão de que é simplesmente para acelerar o processo de ‘aceitação x rejeição’. Simples assim. Você faz parte de um grupo, tem características que esse grupo compartilha, tem individualidades que faz o grupo funcionar como uma cadeia de várias personalidades, o que ajuda muito na convivência, e isso o faz permanecer vivo.

Você vive naquele mundo ali e usa as referências deste mundo para “julgar” o que é aceitável ou não na sua perspectiva. Claro que uma pessoa pode fazer parte de vários grupos, isso é absolutamente saudável (na minha opinião), quanto mais referências de diferentes vivências, melhor para nós e para o exercício de tolerância.

gemeos
bora ser todo mundo feliz junto & misturado

Infelizmente, por mais desconstruídos que possamos estar hoje em relação à todos os outros tempos, a imagem ainda vai ditar muitas coisas sobre como as pessoas vão definir e agir com você. O máximo que você pode fazer é respeitar a postura delas e mudar a sua. Tente parar o hábito de classificar pessoas, comece a tratar todos com cordialidade. Depois de um tempo, todos só serão pessoas legais e muito diferentes.

Azar é de quem vai te classificar e perder a oportunidade de conhecer essa pessoa extremamente incrível e única que é você, azar o dela (de novo).

Algumas pessoas perdem a oportunidade de descobrir coisas novas e incríveis, porque o mundo delas é só aquilo ali. E se elas não expandirem seus horizontes e suas agendas de contatos, vão continuar só sendo aquilo mesmo. Para o bom ou para o ruim, elas é quem vão decidir quem são e como se relacionam. Elas meio que vão ajudar os outros a colocá-las dentro de um padrão, mesmo que sem querer.

Mesmo assim, se você é a pessoa que está observando, saiba que as pessoas sempre surpreendem. Até quando você pensa que elas são completamente previsíveis e que você as conhece bem, a qualquer momento pode surgir uma nova coisa que você não conhecia, simplesmente porque essa pessoa não conhecia também. E se ela muda, adivinha só, aposto que vai surpreender você.

tumblr_lujcm8ee3g1qhpehmo3_500
oooush, que isso doido?

Mas se você é a pessoa observada, nunca deixe que a opinião dos outros te limite, mesmo que seja o seu grupo. Existem muitos vocês em você mesmo, isso significa que você tem experiência suficiente para respeitar as diferenças e ser menos radical, sem desistir, é claro, dos seus ideias enquanto indivíduo e grupo.

Lição 1 do dia: Não deixe os esteriótipos maquiarem seu olhar sobre as pessoas, seja receptivo.

Lição 2 do dia: Não deixe o olhar maquiado das pessoas definirem quem você é, seja você mesmo.

Lição 3 do dia: Viva a liberdade de expressão!

Obrigada pela companhia e voltem mais vezes aqui. Beijinhos, até a próxima!

 

Autor:

Metamorfose ambulante, ♥

Comente sua opinião aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s