Publicado em Poematizese

#ResenhadoLivro: Conquista – Ally Condie

conquista




Título Nacional: Conquista
Ano de Lançamento: 2013
Número de Páginas: 360 páginas
Editora: Objetiva
Fonte: Sobre livros

 

“Depois de viver numa sociedade perfeita, descobrir que àquele não era seu lugar, depois de fazer suas escolhas, depois de passar por um período de grande metamorfose e decidir se juntar à causa da rebeldia, Cassia descobre que não está tão certa sobre quem é quem nessa história. Conforme ela, Ky e Xander vão cumprindo o que o Aviador lhes pede, eles vão descobrindo que a Sociedade e a Insurreição são muito mais semelhantes do que achavam que era. Agora, eles tem que enfrentar dois grandes inimigos.”

Pontos positivos em “Conquista”

Eu já me declarei fã dessa autora nessa trilogia, porém, não posso de me deixar atentar para os detalhes do que a fazem uma ótima escritora. Mais uma vez, a história de Cassia nos surpreende em cada página, estávamos realmente acreditando no primeiro drama de que uma garota quer simplesmente ir contra os padrões, quando de repente, ela nos coloca outro conflito na história e você pensa “uau, eu não imaginei que poderia ficar ainda melhor”.  Uma coisa que eu achei bem interessante é o dinamismo que foi tomando a narrativa. Em “Destino” predomina a visão de Cássia sobre os fatos, “Travessia” Ky ganha seu espaço como narrador e em “Conquista”, finalmente, temos o ponto de vista dos  nossos três heróis: Cássia, Ky e Xander.

Acredito que essa é mais uma característica da forma como Ally fez sua trilogia. A capa do livro nos mostra o percurso da história, os personagens vão se aprofundando de acordo com os volumes e principalmente a história vai evoluindo de uma maneira imprevisível. Ponto para a autora!

Pontos negativos em “Conquista”

Eu realmente tenho dificuldades de escolher, mas  vou falar o que me incomodou. Eu simplesmente não conseguia esperar para saber o próximo fato, tudo bem que existe grande ansiedade nisso, e a trilogia propõe isso, saia do conforte e leia até o fim, mas teve momentos que eu queria pular as páginas para ver se minhas conclusões estavam corretas. Ok, isso não é um defeito do livro, é um defeito meu. Terei que pensar mais sobre os pontos negativos então…

Mensagem de “Conquista”

Estamos aqui falando de uma autora que em cada volume da trilogia nos deu uma lição diferente sobre a vida, para mim, a grande sacada de “Conquista” é como ela mostra que a vida é a vida, e que ela continua mesmo acontecendo coisas que você não acreditava que pudessem acontecer. É uma grande mensagem de “aprenda a lidar com isso, a vida continua”, principalmente no final.

Outra grande lição do terceiro volume da trilogia é o fato de que às vezes, a pessoa em quem você confia, é a pessoa de quem se deve desconfiar e vice e versa. Esse foi o ponto de grande conflito do livro e deve ser bem observado.

Indico esse livro para todos que querem conhecer um romance real, com conflitos reais, num mundo real! Indico também para quem só acredita em conto de fadas: experimentar um pouco de realidade às vezes, é preciso!

Aproveito e deixo minha citação favorita e convido à todos: sintam-se curiosos e leiam. É uma obra incrível.

O Piloto. O Poeta. O Curador. Eles estão em todos nós. Eu acredito nisso. Que cada pessoa pode ter uma forma de voar, uma linha de poesia para dar para os outros verem, uma mão para curar.

Conquista, Ally Condie

Obrigada pela companhia, espero vocês aqui em breve. Não se esqueçam de me contar sobre sua leitura e lembrem-se: “Não entrem docemente”.

Autor:

Metamorfose ambulante, ♥

Comente sua opinião aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s